.

.

 

  HOMOSSEXUALISMO O QUE É?


Homossexualismo é uma doença? É algo normal? É inspiração do diabo? Ou é uma falha da natureza?  Homossexualismo ou homossexualidade?

Doença – No passado muitas sociedades consideravam o homossexualismo uma doença digna de tratamento psiquiátrico. Só em 1973, a “homossexualidade deixa de ser considerada uma doença mental no Reino Unido. Ela também deixa de ser citada no Manual Diagnóstico e Estatístico de Doenças Mentais da Associação Psiquiátrica Americana em 1986” (Galileu, Ed. 213, abril/2009, pág. 13). A homossexualidade não pode ser considerada uma doença; pois ocorre em pessoas em perfeito estado de saúde e em pessoas muito inteligente, assim como pode ocorrer em pessoas que não estejam tão bem.

Coisa normal – “Pesquisadores apontam que a atividade homossexual masculina e feminina é comum em mais de 200 espécies de mamíferos, aves, répteis, anfíbios, peixes e insetos, o que poderia indicar que também era praticada pelos homens pré-históricos. Entre os grandes macacos, como chimpanzés e gorilas, também rola sexo entre animais do mesmo gênero” (Mundo Estranho).  Mais de duzentas espécies são aquelas em que se pôde observar a homossexualidade. Mas ela deve existir em muito mais grupos do que se sabe. Não obstante ocorra em tantas espécies de seres vivos, talvez em todas, não se poderia considerar a homossexualidade uma coisa normal; pois o normal na natureza é um macho gostar de fêmea e a fêmea gostar de macho, o que torna a homossexualidade uma exceção.  Haja vista a pequena percentagem de uma espécie praticando o sexo entre iguais.

Inspiração do diabo – Segundo a mentalidade judaico-cristã, Satanás, o anjo caído que foi expulso do céu por Yavé, inspira os humanos a cometer pecados (coisas que contrariam a vontade do deus), e o homossexualismo é, segundo a lei de deus, um pecado digno da pena de morte (Levítico, 18: 22; 20: 13). Mesmo admitindo a existência do deus criador e do anjo caído (diabo), tropeçaríamos em uma grande dúvida: se, como prega o cristianismo, o único ser capaz de cometer pecado é o humano, como se explicaria a existência da homossexualidade “em mais de 200 espécies de mamíferos, aves, répteis, anfíbios, peixes e insetos”? O Demônio estaria tentando todas essas espécies de animais a cometer tal abominação? O argumento religioso não se encaixa bem em uma análise inteligente.

Falha da natureza – Se a homossexualidade não é uma coisa normal, não é uma doença, nem pode ser tentação de um ser sobrenatural, resta considerá-la uma falha da natureza. Há explicação de que a alteração da taxa de hormônio testosterona (masculino) e estrogênio (feminino) pode inverter a tendência sexual de um indivíduo. Um medicamento tomado pela grávida, por exemplo, pode levar o organismo da mãe a inverter a produção dos hormônios e um feto feminino desenvolver órgão sexual masculino ou vice versa. No caso nascerá uma pessoa com mente de um sexo e órgão sexual do sexo oposto.

O cérebro de um homem gay é mais parecido com o de uma mulher heterossexual do que com o cérebro de um homem heterossexual. É o que mostra estudo feito na Suécia, que revelou as provas mais sólidas de que a sexualidade não é uma opção, mas uma característica biológica. Por meio de exames de ressonância magnética, cientistas compararam as dimensões dos dois hemisférios do cérebro em 90 pessoas, entre homo e heterossexuais. Eles mostraram que o tamanho e a forma do cérebro variam de acordo com a orientação sexual da pessoa. O cérebro de um homem gay parece com o cérebro de uma mulher hétero – com os dois hemisférios mais ou menos do mesmo tamanho. O cérebro de uma lésbica parece o cérebro de um homem hétero" (Fonte: Jornal de Montes Claros http://montesclaros.com/noticias.asp?codigo=37542, 17/06/2008).  Ver imagem clicando AQUI.

Ultimamente se tem convencionado dizer homossexualidade em vez de homossexualismo, uma vez que homossexualidade é o termo mais adequado, pois não é uma escolha, mas uma característica inata da pessoa.  O sufixo "ismo" é adequado a estilo de vida que a pessoa escolhe: islamismo(religião), iluminismo (filosofia), surrealismo (estilo literário), enquanto "dade" expressa característica: qualidade, identidade, sexualidade, maldade, bondade, etc.

Se a homossexualidade não é uma doença, nem inspiração de um ser sobrenatural (algo inexistente),  sendo uma característica biológica que contraria a normalidade (atração macho e fêmea), só podemos considerá-la uma falha da natureza, que deve ser respeitada, não odiada.

Ver mais CIÊNCIA

 

..